Destaques

Título Aldeia de Mós é a primeira “Aldeia Segura, Pessoas Seguras” de Fafe
810_9681a
Data de Publicação 2019-03-01 00:00:00 +0000
Sub-título Município de Fafe celebra Dia Mundial da Proteção Civil
Descrição
Fafe comemora, hoje, o Dia Mundial da Proteção Civil com a apresentação da primeira “Aldeia Segura, Pessoas Seguras”, na Aldeia de Mós, na União de Freguesias de Aboim, Felgueiras, Gontim e Pedraído.
Este programa surgiu após os grandes incêndios de 2017 e destina-se a estabelecer medidas estruturais para a proteção de pessoas e bens. Com esse intuito, foram definidos um conjunto de medidas de autoproteção tendentes a limitar as suas consequências, promovendo a segurança e a salvaguarda de pessoas e bens materiais da Aldeia de Mós e dos seus habitantes quando afetado por um incêndio rural.
O programa tem como principais objetivos: criar nas freguesias a função de Oficial de Segurança, que tem como missão transmitir avisos à população, organizar a evacuação do aglomerado em caso de necessidade e fazer ações de sensibilização junto da população. O programa “Aldeia Segura, Pessoas Seguras”pretende ainda sinalizar caminhos de evacuação nos aglomerados populacionais, definir locais de refúgio nas aldeias, sensibilizar populações para o que fazer em caso de incêndio e como evitar comportamentos de risco.
O Presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha, revelou na ocasião “hoje celebramos o Dia Mundial da Proteção Civil e pretendemos marcar este dia com a implementação deste programa“Aldeia Segura, Pessoas Seguras”. Esta é uma iniciativa que se integra na preocupação que todos temos de evitar que a tragédia dos incêndios florestais a que assistimos em 2017 se volte a repetir.
Temos continuado a alertar a população para a limpeza das matas e dos terrenos e mantemos um dispositivo de combate aos incêndios que responda eficaz e rapidamente se esta calamidade surgir.
O que procuramos com este programa é que as pessoas tenham as condições a formação necessária, em tempos de serenidade, e percebam como devem proceder se a tragédia dos incêndios florestais rondar esta área. É importante prevenir estes casos e, por isso, a preparação e formação que aqui vamos promover é essencial.
A Aldeia de Mós é uma aldeia que, em Fafe, muito nos envaidece, pela beleza que a caracteriza, e é também uma aldeia que vai servir como exemplo para todas as outras do concelho para que sigam o modelo que aqui se está a implementar.”
Durante o período da tarde, decorreu, uma Exposição de Meios e Equipamentos, Mass Training de Suporte Básico de Vida e Ações de Sensibilização, com a intervenção dos vários Agentes de Proteção Civil, na Escola EB2/3 de Stª. Cristina.
As comemorações do Dia Mundial da Proteção Civil encerram no dia 12 de Março com a realização de um Exercício de Decisão para teste do Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil.
Recorde-se que esta é uma iniciativa do Município de Fafe através do Serviço Municipal de Proteção Civil e conta com a colaboração e participação da Autoridade Nacional de Proteção Civil, Bombeiros Voluntários de Fafe, GNR, GIPS, Instituto Nacional de Emergência Médica, Delegação de Fafe da Cruz Vermelha Portuguesa, Cofafe, Unidade Local de Proteção Civil de Agrela e Serafão, União de Freguesias de Aboim, Felgueiras, Gontim e Pedraído e da Escola EB 2/3 de Arões Stª Cristina.
Imagens
Powered by: TextoVirtual.com